Deixe um comentário

Cruma retoma atividades realizando triagem de materiais em bancadas improvisadas

DSC_7949

Triagem dos materiais está sendo realizada em local improvisado, nos fundos do galpão – Fotos: Samuel Ferreira

Por Samuel Ferreira

Após o incêndio que destruiu seu Galpão de Triagem no último dia 11, a Cooperativa de Reciclagem Unidos pelo Meio Ambiente (CRUMA) está apenas recebendo materiais da população e de ecopontos de supermercados, pois a Coleta Seletiva – em residências e comércios – está temporariamente paralisada, devido à queima dos caminhões.

A triagem dos recicláveis está sendo realizada, provisoriamente, em bancadas improvisadas nos fundos da construção, ao lado dos escritórios, único local que não foi atingido pelo fogo, devido à ação do Corpo de Bombeiros.

Para as coletas nos Posto de Entrega Voluntária (PEV), instalados em supermercados de Poá e região, foram disponibilizadas duas caminhonete HRs pela Rede Cata Sampa, parceira da cooperativa, uma vez que, nesses ecopontos, os materiais depositados pela população não podem permanecer por muito tempo.

Com prensas queimadas e danificadas, fica difícil para os cooperados na formação dos fardos, fator que agregava valor ao material beneficiado. Dessa forma, os catadores apenas se limitam a separar os materiais por tipo e categoria, antes de encaminhar para a indústria compradora.

DSC_7952

Sem prensas, volume de material prejudica a logística e deixa de agregar valor aos materiais comercializados

Nesta segunda-feira (25), uma reunião de trabalho realizada entre a Cruma e a Secretaria de Meio Ambiente de Poá tratou do Planejamento de Reestruturação da CRUMA.

Dentre os itens discutidos estão a retomada da Coleta Seletiva no município; a reestruturação da área operacional e a destinação de uma área mais adequada para construção de um centro de Coleta Seletiva.

Temas como Logística Reversa Municipal, Prestação de Serviços da Coleta Seletiva Solidária porta a porta e ecopontos no município também foram discutidos com a diretora de Meio Ambiente Juliana Cardodo.

DSC_7953

Baias para separação dos materiais foram improvisadas no fundo da construção

DSC_7954

Sacos de materiais recicláveis aguardam destinação final

DSC_7955

Área localizada nos fundos da cooperativa é utilizada para se evitar a paralisação total das atividades

DSC_7956

Catadoras trabalham no serviço de triagem e armazenamento de materiais recicláveis

DSC_8029

Apesar de improvisado, trabalho no local é mantido em ordem e limpeza diária

DSC_8031

Pequena balança é utilizada para a pesagem dos bags cheios de materiais

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: